Faça uma busca

Google
 

terça-feira, 19 de fevereiro de 2008

Genealogia 103: Casais na Ribeira Seca II, Dionísio de Sousa e Bárbara Vieira

Filhos de Dionísio de Sousa e Bárbara Vieira

nome

ano

padrinhos

1

Manuel de Sousa Vieira

1686

Pedro Silveira, filho de Francisco da Silveira, e Maria de Azevedo, filha de Manuel de Azevedo

2

Maria

1689

Bartolomeu Pereira, filho de Sebastião Pereira, e Isabel da Silveira, filha de Francisco da Silveira

3

Isabel

1690

Antônio Álvares Machado e Maria Gregório, mulher de Diogo Fernandes de Sousa

4

Matias

1692

João de Oliveira, filho de Leonardo Gonçalves [Teixeira], e Catarina Pereira, filha do capitão Miguel Afonso de Sousa e Leonor Pereira.

5

João de Sousa

1694

Diogo Fernandes de Sousa e Bárbara de Valença, filha de Miguel Afonso de Sousa e Leonor Pereira.

6

Pedro de Sousa Álvares

1696

Baltazar da Cunha, filho de Domingos Afonso, e Maria Netto, filha de Francisco Lopes.

7

Josefa de São José

8

Isabel do Espírito Santo

1701

Pascoal Pereira de Sousa, filho de Sebastião Pereira Brasil e Maria Nunes de Sousa; e Maria Nunes de Sousa, sua mãe.

9

Mateus

1705

Manuel Vieira e Ana de Sousa filhos de Antônio Monteiro Teixeira e Ágada Vieira.

10

Luzia

1707

Miguel Machado,da Calheta, e Bárbara Vieira , mulher de Baltazar da Cunha.

Notas:
(a) Duas filhas de Miguel Afonso de Sousa aparecem como madrinhas. Seria ele parente de Dionísio de Sousa, quem sabe o pai?
(b) Diogo Fernandes de Sousa, citado mais de uma vez, poderia ser irmão de Dionísio. Infelizmente uma grande lacuna nos registros não me permitiu copiar a integridade dos assentos de batismos. Se o registro fosse completo, seria facílimo localizar o batismo de um Dionísio, nome raro na época.
(c) O Francisco da Silveira provavelmente é Francisco de Sousa Silveira de Ávila, esposo de Maria Netto de Sousa.
(d) Baltazar da Cunha Vieira, esposo de Bárbara Vieira, era filho de Domingos Afonso de Sousa e Maria da Cunha Vieira, sendo esta filha de um Baltazar homônimo mais velho, e irmã de um Leonardo Gonçalves, que pode ser o mesmo citado como padrinho, pai de um João de Oliveira.

Nenhum comentário: