Faça uma busca

Google
 

quarta-feira, 18 de março de 2009

Evolução 39: Mais penas para os dinossauros

Mais uma vez os paleontólogos descobrem vestígios de penas em uma espécie de dinossauros. O recém-descoberto é o Tianyulong confuciusi, que viveu na China, no Cretáceo Inferior, há cerca de 140 milhões de anos atrás. A descoberta não é apenas interessante pela presença de penas, mas também devido ao fato dele pertencer a um grupo que há acreditava-se extinto já no período Jurássico, quase cem milhões de anos antes. A presença de penas no grupo dos Ornitísquios, que já havia sido identificada nas espécies mais primitivas de Ceratopsídeos, indica que a formação de plumagem era muito mais espalhada entre os dinossauros do que se imaginava, não ficando restrita aos grupos que vieram a dar origem às aves.

Zheng, X., You, H., Xu, X., & Dong, Z. (2009). An Early Cretaceous heterodontosaurid dinosaur with filamentous integumentary structures Nature, 458 (7236), 333-336 DOI: 10.1038/nature07856

Nenhum comentário: