Faça uma busca

Google
 

domingo, 12 de abril de 2009

Genealogia 381: A Origem dos Amaro da Silveira

A família Amaro da Silveira é uma das mais antigas do Rio Grande do Sul, remontando aos primórdios da colonização do Rio Grande, originando-se em dois irmãos, Manuel e Francisco, que passaram pelo domínio espanhol, e deixaram vasta descendência tanto no Brasil como no Uruguai. Os irmãos eram filhos Amaro José da Silveira, também conhecido como Amaro Silveira de Quadros e Beatriz Maria do Rosário. Descobri o batismo do Amaro, na freguesia de Nossa Senhora das Neves do Norte Grande, na ilha de São Jorge, no arquipélago dos Açores.



http://pg.azores.gov.pt/drac/cca/biblioteca_digital/SJVNGB1725-1737/SJVNGB1725-1737_item1/P52.html

Amaro filho de An.to da Sylvr.a Machado e de Thereza M.do naturais e moradores(?) nas(?) esta freguezia de Norte gramde nasceo em os dezacete dias do mez de 8bro deste prezente anno de mil sette centos e vinte e seis foi baptizado na Fonte Baptismal desta Parochial de Nossa Sr.a das neves deste dicto lugar por mim Jorge de Mattos Par.o Cura nesta mesma parochial em os dezanove dias do mesmo mes e Anno foram padrinhos Agostinho M.do solteiro f.o do alferes An.to da Silv.ra e Maria M.do Cazada com Joam C[...] todos m.ors neste Lugar de [...] com testemunhas prezentes[...] An.to Alves Beiram moradores neste mesmo Lugar dia mes e hera ut Sup. = O Vice V.ro Jorge de Mattos Per.a = Paschoal Pereyra Machado = AN.to Alves Beiram.



Primeira Geração

1. Amaro José da Silveira (de Quadros) nasceu em 17 outubro 1726 em Norte Grande, ilha de S.Jorge. Ele faleceu em 19 março 1793 em Rio Grande-RS, filho de Antônio da Silveira Machado e Teresa de Jesus Machado.

Amaro casou-se com (1) Beatriz Maria do Rosário, filha de Manuel Machado de Souza e Ana Machado Vilalobos. Beatriz nasceu em Norte Grande ou Santo Amaro, ilha de S.Jorge. Ela faleceu em 25 maio 1791 em Rio Grande-RS.

Eles tiveram os seguintes filhos

2 F i. Felícia nasceu em 5 agôsto 1751 em Norte Grande, ilha de São Jorge e foi batizada em 16 agôsto 1751 em Norte Grande, ilha de São Jorge .

3 F ii. Rosa nasceu em 26 outubro 1753 em Norte Grande, ilha de São Jorge e foi batizada em 29 outubro 1753 em Norte Grande, ilha de São Jorge .

4 M iii. João nasceu em 19 junho 1756 em Rio Grande-RS.

5 M iv. Antônio nasceu em 19 junho 1756 em Rio Grande-RS.

+ 6 M v. Manuel Amaro da Silveira nasceu em 29 setembro 1758.

+ 7 M vi. Francisco Amaro da Silveira nasceu em 11 agôsto 1760.

Amaro também casou-se com1 (2) Maria Joaquina da Assunção, filha de Manuel Jerônimo de Souza e Rosa Maria, em 14 agôsto 1791 em Rio Grande-RS. Maria nasceu em 25 março 1769 em Maldonado (Uruguai).

Eles tiveram os seguintes filhos

+ 8 F vii. Felícia Rosa da Silveira.


Segunda Geração

6. Manuel Amaro da Silveira (Amaro José da) nasceu em 29 setembro 1758 em Rio Grande-RS.

Manuel casou-se com Maria Antônia Muniz, filha de Jerônimo Muniz Leite e Maria Antônia da Rocha, em 21 dezembro 1778 em Maldonado (UY). Maria nasceu em Rio Grande-RS (domínio espanhol).

Eles tiveram os seguintes filhos

9 M i. José Amaro da Silveira nasceu em 1782.

10 M ii. Hilário Amaro da Silveira nasceu em 1784. Ele faleceu em 1844.

Hilário casou-se com Isabel Maria d' Ávila.

11 M iii. Jerônimo Amaro da Silveira nasceu em 1790 em Rio Grande-RS.

Jerônimo casou-se com Porfíria Dorotéia da Costa, filha de Antônio da Costa Pereira e Eugênia Maria de Menezes. Porfíria nasceu em 1796 em Piratini-RS.

12 F iv. Maria Antônia (Amaro) da Silveira nasceu em 1792 em Rio Grande-RS.

Maria casou-se com Astrogildo da Costa Pereira, filho de Antônio da Costa Pereira e Eugênia Maria de Menezes, em 19 dezembro 1812 em Porto Alegre-RS. Astrogildo nasceu em 11 outubro 1787 em Rio Grande-RS (Povo Novo).

13 M v. João Amaro da Silveira nasceu em 1778.

João casou-se com Damásia Maria de Freitas, filha de José Luís de Freitas e Clara Inácia de Jesus.

14 M vi. Vasco Amaro da Silveira nasceu em 1779.

Vasco casou-se com Maria Antônia de Freitas, filha de José Luís de Freitas e Clara Inácia de Jesus.

15 F vii. Balbina Antônia da Silveira.

Balbina casou-se com Antônio Luís de Freitas, filho de José Luís de Freitas e Clara Inácia de Jesus.

16 F viii. Francisca Amaro da Silveira.

Francisca casou-se com Clementino Luís de Freitas, filho de José Luís de Freitas e Clara Inácia de Jesus.

17 M ix. Dionísio Amaro da Silveira nasceu em 1811 em Piratini-RS.

Dionísio casou-se com Genésia Maria Antunes, filha de José Antunes Maciel e Esméria da Costa Pereira. Genésia nasceu em 1814.

18 M x. Manuel Amaro da Silveira (Filho).

Manuel casou-se com Maria Rodrigues Barbosa.

19 F xi. Firmina Amaro da Silveira.

20 F xii. Auta Maria Amaro da Silveira.

Auta casou-se com João dos Mártires Torres, filho de Antonio José Torres de Abreu e f.n. Luciana Francisca do Nascimento, em 7 agôsto 1828 em Pelotas-RS. João nasceu em 1798 em Pelotas-RS.

21 M xiii. Francisco.

22 M xiv. Firmino.

23 M xv. Dionísio.

7. Francisco Amaro da Silveira (Amaro José da) nasceu em 11 agôsto 1760 em Rio Grande-RS.

Francisco casou-se com Rosa Maria de Ávila, filha de Manuel de Ávila Machado e Rosa Maria Dias, em 1785 em Rio Grande-RS. Rosa nasceu em 1770.

Francisco e Rosa tiveram os seguintes filhos:

24 F i. Isabel Maria de Ávila nasceu em 19 novembro 1787 em Rio Grande-RS.

Isabel casou-se com Florisbelo dos Santos Pereira, filho de Antônio da Costa Pereira e Eugênia Maria de Menezes, em 14 junho 1808 em Piratini-RS. Florisbelo nasceu em 1 novembro 1785 em Rio Grande-RS.

25 M ii. Francisco Amaro da Silveira.

Francisco casou-se com Dionísia Tomásia de Souza, filha de Antônio Mâncio de Souza Leal e Tomásia Francisca Duarte.

8. Felícia Rosa da Silveira (Amaro José da) nasceu em Rio Grande-RS.

Felícia casou-se com José Pereira da Terra, filho de Antonio Pereira da Terra e Ana Silveira, em 27 fevereiro 1808 em Rio Grande-RS. José nasceu em Rio Grande-RS.

Eles tiveram os seguintes filhos

26 M i. Dunivioso da Silveira Terra nasceu em 24 abril 1809 em Herval do Sul-RS

Um comentário:

w.w.w.cuidandodeeldoradodosul.com.br disse...

eu sou leila amaro da silva silveira e tenho muito orgulho de ser amaro da silveira buenas