Faça uma busca

Google
 

sexta-feira, 8 de maio de 2009

Genealogia 397: Escravos na Vila do Topo

O número de escravos existentes na Vila do Topo era relativamente pequeno, mas consegui identificar cerca de cinquenta deles nos registros paroquiais ao longo de mais ou menos 150 anos. A maioria deles são escravas gerando filhos naturais de pais incógnitos. Como são muitos, vou listá-los gradualmente.

1- ANA - escrava de Gabriel Teixeira da Silveira, foi mãe de uma filha natural chamada Francisca, batizada em 13/04/1639, e com a morte de seu dono, passou ao filho desse, o capitão-mor Pedro Teixeira da Silveira. Era escrava de Pedro quando faleceu em 12/01/1654.
2- BÁRBARA - escrava de Diogo Vaz Salgado, quando faleceu em 05/12/1654.
3- BEATRIZ - escrava do morgado João de Bitencurt e Vasconcelos, quando batizou um filho natural Mateus, em 07/09/1702
4- CATARINA - escrava do capitão Antônio da Silveira Vilalobos, quando batizou as filhas naturais Marta (23/01/1661) e Domingas (21/11/1665).
5- CATARINA - escrava do padre Gaspar Nunes da Silveira, quando batizou a filha natural Joana, em 29/10/1714.
6- CATARINA - escrava de Antônio da Silveira Borges, quando batizou os filhos naturais Maria (6/11/1651) e Lucas (23/10/1655).
7- CATARINA - escrava do capitão Gabriel Teixeira da Silveira, quando faleceu em 25/01/1690.
8- FRANCISCA - escrava do capitão-mor Pedro Teixeira da Silveira, quando faleceu em 26/11/1660.
9- GRÁCIA - escrava de Antônio Silveira Borges, quando batizou os filhos naturais Urbano Antônio (29/05/1642) e Policarpo (23/01/1646). Urbano, supostamente livre, batizou uma filha natural Isabel (25/12/1683) que teve com Maria Pereira, filha de Manuel Álvares.
10- HELENA - escrava do Padre Jorge Correia de Bitencurt, assistente na casa de João de Bettencourt Vasconcelos, batizou a filha Paula em 13/09/1712.
11- INÊS - escrava de Dona Maria de Bitencurt, viúva do capitão-mor Gabriel da Silveira Borges, batizou os filhos naturais Miguel (02/10/1687) e Antônio (30/07/1694).
12- JOANA - escrava de Gaspar Gato de Sousa, quando batizou os filhos naturais Francisca (26/02/1645), Brás (09/01/1647), Francisco (10/10/1649) e Bárbara (01/20/1660).
13- JOANA - escrava do capitão-mor Pedro Teixeira da Silveira, quando batizou o filho natural João, em 22/04/1666.
14- JOANA - escrava de Dona Maria de Bitencurt, quando faleceu em 02/01/1694
15- LUZIA - escrava do capitão-mor Pedro Teixeira da Silveira, quando batizou a filha natural Inês, em 05/11/1651, e faleceu em 26/07/1652.
16- MADALENA - escrava de Antônio Teixeira, quando faleceu em 22/03/1639.
17- MARGARIDA - escrava do padre Luís Mourato da Silveira e Bitencurt, quando batizou a filha Joana, em 11/03/1684.
18- MARIA - escrava de Pedro Correia da Silveira, quando batizou o filho natural Sebastião, em 22/01/1645.
19- MARIA - escrava de Maria da Silveira, quando faleceu em 29/01/1637.
20- MARIA - escrava de Antônio da Silveira de Ávila, quando faleceu em 08/09/1668.
21- MARIA FRANCISCA - escrava de André Pereira de Sousa, quando batizou o filho natural Silvestre Pereira Gonçalves, em 03/05/1722, e cuja filha Joana Maria é citada como madrinha de um sobrinho em batismo de 1757. Silvestre Pereira Gonçalves casou-se em 25/10/1756 com Maria Gularte, filha de Bárbara Silveira e pai incógnito, de quem gerou pelo menos três filhos: José (1757), Ana (1759) e Jorge (1761).
22- MARIA SANTA - escrava de André Silveira de Azevedo, era casada com o também escravo Caetano de Sousa Taveira, pertencente ao mesmo dono, com quem teve os filhos João (1753), Rosa (1.ª, 1754) e Rosa (2.ª, 1755).
23- MARTA - escrava do capitão Antônio da Silveira Vilalobos, quando batizou o filho natural Manuel, em 06/11/1684.
24- MARTA - escrava do Padre Gaspar Nunes da Silveira, quando batizou o filho natural Vicente, em 25/01/1688. Faleceu em 05/06/1689.

Nenhum comentário: