Faça uma busca

Google
 

sábado, 13 de junho de 2009

Etimologia 64: esclarecendo alguns nomes hindus

Com a "febre" indiana provocada pela novela Caminho das Índias, já vi centenas de referências aos significados dos nomes da novela. Jamais li tanta: alguns absurdos como Maya sendo "deusa grega da mata", ou Surya sendo um "nome inglês", ou Amitabh sendo "nome grego". Resolvi então, fazer uma pesquisa mais minuciosa e encontrar os significados corretos:

Amitabh - forma moderna do nome sânscrito Amitâbha, um dos nomes de Budha, significando "Luz (âbhâ) infinita (amita)".
Anusha - bela manhã, estrela.
Deva - em sânscrito, deus é "deva", e deusa é devi.
Durga - "inacessível", nome da esposa de Shiva, em seu aspecto guerreiro e heróico.
Indra - deus do trovão na mitologia védica (a forma mais arcaica da religião hindu)
Manu - nome do primeiro homem na mitologia hindu, e significando, obviamente "homem", cognato indo-europeu do inglês man.
Maya - significa "ilusão" em sânscrito, nenhum conexão com Maia, deusa grega, mãe do deus Hermes, ou Maia, deusa romana associada às matas.
Niraj - do sânscrito Nîrâja, "flor de lótus"
Puja - "oração" em sânscrito.
Shankar - do sânscrito çankara, "benevolente", "que confere alegria", um epíteto do deus Shiva.
Shanti - do sânscrito çantî, siginifica "paz interior", nenhuma ligação com Xanthe, ninfa marinha da mitologia grega.
Surya - nome ambivalente, pois incorpora tanto o sânscrito Surya(h), "sol", como Suryâ, uma deusa menor, filha do próprio deus solar Surya.
Hari - um dos nomes de Vishnu e Krishna, originalmente parece designar uma cor, "dourado".

Nenhum comentário: