Faça uma busca

Google
 

domingo, 9 de agosto de 2009

Evolução 64: Arenysaurus, novo dinossauro espanhol

Paleontólogos espanhóis publicaram a descrição de uma nova espécie de dinossauro hadrossaurídeo, nomeada Arenysaurus ardevoli, em terrenos datados do final do Maastrichtiano, a última divisão do Período Cretáceo, em Aren (Huesca, nos Pireneus). O estudo detalhado dos restos fósseis indicam que ele era um membro muito primitivo da subfamília dos Lambeossauríneos, estando muito próximo do dinossauro asiático Amurosaurus e anterior à bifurcação que leva às tribos dos Corythosaurini e Parasaurolophini. Tudo parece indicar alguma conexão paleogeográfica entre Europa e Ásia no final do Cretáceo. A esta descoberta junta-se a

evidênciade que o hadrossaurídeo europeu Pararhabdodon isonensis era um parente próximo do chinês Tsintaosaurus, assim como a presença de um pequeno mamífero no Cretáceo espanhol, Lainodon, considerado como parte do grupo centro-asiático Zhelestidae.

Pereda-Suberbiola, X., Canudo, J.I., Cruzado-Caballero, P., Barco, J.L. López-Martínez, N. Oms, O. & Ruiz-Omenaca (2009) The last hadrosaurid dinosaurs of Europe: A new lambeosaurine from the Uppermost Cretaceous of Aren (Huesca, Spain), C. R. Palevol, doi:10.1016/j.crpv.2009.05.002

Nenhum comentário: