Faça uma busca

Google
 

sexta-feira, 9 de maio de 2008

Etimologia 34: os nomes Jacó e Tiago




JACÓ/TIAGO - Jacó vem do Hebraico Ia`qôb, biblicamente interpretado como "aquele que segura o calcanhar", baseado na tradição de que o patriarca Jacó teria nascido segurando o calcanhar de seu irmão gêmeo Esaú. Contudo, isto parece ser uma etimologia popular (folk etymology), uma tentativa de interpretar um nome já incompreensível por palavras hebraica. Alguns crêem que o nome seria redução de Ia'qobel "Deus protege". A relação entre "calcanhar" e "proteger, segurar" não é despropositada, já que se acredita haver uma ligação entre ambas palavras. O Hebraico `âqêb "calcanhar" remonta à raiz semítica *ʕaḳib-/*ʕiḳb-, etimologicamente aparentado ao Acadiano ek.bu, ao Ugarítico e Aramaico ʕḳb, todos com o mesmo significado. A mesma raiz possui significado de "proteger, guardar", como no Amorita ʕḳb "guardar, proteger, vigiar", no Ugarítico ʕḳb "aceitar ou efetuar uma transferência de propriedade, suceder, permutar bens" e no Sabeano ʕḳb "agir como chefe militar, fortaleza". Talvez a explicação etimológica deva-se ao fato do calcanhar ser uma espécie de "suporte" do corpo humano.
Além do patriarca bíblico, filho de Isaque e Raquel, irmão e rival de Esaú, que adotará o nome Israel e será pai de doze filhos epônimos da doze tribos de Israel, surgem mais dois personagens com este nome na Bíblia, mas no Novo Testamento, dois apóstolos de Jesus. A veneração pela Cristandade como santos e mártires os fez ganhar importância, e levou a uma necessidade gradual de distinguir os nomes deles do seu antecedente no Velho Testamento. Assim, em Grego e Latim, paralelamente à forma original (Iakôb e Jacob, respectivamente), aparecem as formas latinizadas Jacobus e Jacomus, para designar os apóstolos Tiago, filho de Zebedeu ("Tiago Maior") e Tiago, filho de Alfeu ("Tiago Menor"). Da forma composta Sanctus Jacobus surge o topônimo galego Santiago de Compostela, e partir desta expressão Santiago, tomando-se erradamente como São Tiago em vez de Santo Iago, surge o nome "Tiago", que hoje em dia é a forma mais comum em Português para nomear os santos. Paralelamente a esta forma, foi usado em Portugal as formas Jaques (influência francesa, talvez), Jácome (talvez do Italiano Giacomo) e até mesmo Diogo (que embora venha diretamente do Latim Didacus, passou a ser visto como um equivalente de Tiago). Mais tarde aparece a forma Jaime, a qual pode ter origem provençal ou francesa. A distinção entre o Jacó do Velho Testamente (VT) e os Tiagos do Novo (NT) não existe em todas as línguas, sendo mais freqüente nas línguas européias ocidentais.

Etimologia de outros nomes


LÍNGUAS LATINAS
Latim: Jacob (VT), Jacobus, Jacomus (NT)
Português: Jacó (VT), Tiago, Santiago, Iago, Jaime, Jácome (NT)
Galego: Xacó (VT), Iago, Tiago, Xaime (NT)
Espanhol: Jacob, Jácobo (VT), Santiago (NT)
Aragonês: Cha (VT), Chaime (NT)
Catalão: Jacob (VT), Jaume (NT)
Francês: Jacob (VT), Jacques (NT)
Ocitano: Jaume
Créole Haitiano: Jakòb (VT), Jak (NT)
Italiano: Giacobbe (VT), Giacomo, Giacobo (NT)
Corso: Ghjacobu?, Ghjacumu
Sardo: Iakobu, Iagou
Romeno: Iacob, Iacov

LÍNGUAS GERMÂNICAS:
Inglês: Jacob, Jake, Jack (VT), James (NT)
Holandês: Jakob, Jaap, Japik (VT), Jacobus (NT)
Alemão: Jakob (VT), Jakobus (NT)
Sueco: Jakob
Dinamarquês: Jakob
Norueguês: Jakob
Islandês: Jakob

LÍNGUAS CÉLTICAS:
Irlandês: Yakub (VT), Seamus, Seamas, Shamus (NT)
Galês: Iacob (VT), Iago (NT)
Córnico: ? (VT) Jamys (NT)
Bretão: Jakob (VT), Jakez (NT)

LÍNGUAS BALTO-ESLAVAS:
Lituano: Jokubas, Jakas, Jakobas
Letão: Jêkabs
Tcheco: Jákob (VT), Jakub (NT)
Polonês: Jakób (VT), Jakub (NT)
Russo: Yakov, Yakuv
Ucraniano: Yakiv
Servo-Croata: Jakov
Esloveno: Jakob
Búlgaro: Yakov

OUTRAS LÍNGUAS INDO-EUROPÉIAS:
Grego: Iakov (VT), Iakôvos (NT)
Armênio: Hakob
Albanês: Jakob, Jakuv

OUTRAS LÍNGUAS:
Húngaro: Jákób (VT), Jakab (NT)
Finlandês: Jaska, Jaakko, Kauppi, Jaakob
Estoniano: Jaakob (VT), Jakoobus (NT)
Turco: Yakup
Árabe: Ya'qub
Swahili: Yakobo
Bahasa: Yakub (VT), Yakobus (NT)
Basco: ? (VT), Jakes, Jakue, Xanti (NT)
Hebraico: Ia'qov
Havaiano: Iakopa
Maori : Hakopa (VT), Hemi (NT)
Tongano: Siaki (VT), Semisi (NT)
Vietnamita: Gia-cốp (VT), Gia-cô (NT)

2 comentários:

Bardolino disse...

Ótimo estudo! Você sabe como é o nome Jacó em sânscrito? Obrigado

Simoes Lopes disse...

O sânscrito é uma língua morta, e quando existia, não havia contato com cristãos e judeus, daí não existir Jacó em sânscrito. Presumo que exista o nome nas línguas modernas indianas nas populações cristãs ou judaicas de lá. Se quiséssemos "sanscritizar" o nome, teríamos algo como Yakoba ou Yakuba, mas é um chute.